13 Ótimos Filmes Estrangeiros que Você não Fazia Ideia que Existiam

By Camila Oliveira - 30.8.14

O Brasil é um país eclético, porém quando se trata de filmes, quase todos que assistimos diariamente na TV ou no cinema são americanos... Quando muito europeus, mas não passam de modinha inglesa ou espanhola que passa em uma semana. 

Nem as produções nacionais, até pouco tempo, tinham espaço nas telas da sétima arte. Claro que as histórias brasileiras seguiam uma linha de nudez e violência que vem sendo destruída pela nova onda humorística a qual passa nossos filmes.

Independente de suas escolhas, confira a lista à seguir referente aos filmes que estão espalhados por aí pelo mundo e dificilmente terão a oportunidade de maravilhar seus olhos. 

1 - Kamchatka (2003, Espanha/Argentina)
Harry (Matías Del Pozo) é um menino de 10 anos que tem uma vida normal para qualquer criança de sua idade na década de 70. Porém, sua vida muda completamente quando seus pais começam a ser perseguidos pela ditadura argentina. Para escapar dos militares, Harry e sua família são obrigados a largar todos os seus bens e fugir para uma fazenda no interior. Ótimo filme que retrata de maneira inocente os horrores da ditadura na América do Sul, não pelos olhos dos que fugiram ao exílio, mas dos que ficaram desamparados para trás. Dica - Música de Caetano Veloso toca lá pelo meio da película. 



2 - O Substituto do Rei (2012, Coréia)
Ao ser envenenado, o rei Gwang-hae pede ao seu conselheiro que arranje um sósia para ficar em seu lugar enquanto se recupera. O acrobata Ha-Sun é o escolhido para a tarefa, mas membros da corte começam a suspeitar quando percebem que o rei mudou suas atitudes repentinamente. Filme sobre liderança, onde deixa bem clara a mensagem que títulos e nobreza de alma não estão por consequência relacionados. 




3 - Departamento Q - Guardião das Causas Perdidas (2013, Dinamarca/Alemanha/Suécia)
Foi dado ao detetive Carl Morck (Nikolaj Lie Kaas) a missão de comandar um novo departamento de casos não solucionados. Mesmo tendo ordens para não chamar atenção, ele e seu assistente decidem investigar o misterioso caso de um político desaparecido há cinco anos. Os dois são levados a um submundo de abusos e maldades que se esconde sob a falsa moralidade escandinava. Filme de suspense policial que mexe com o espectador do início ao fim, poderia ser uma série!



4 - Ego (2014, Suécia)
Sebastian (Morden I Sandhamn), 25 anos, gosta de cantar e está prestes a assinar contrato com uma gravadora. Quando tudo está prestes a engrenar em sua vida, ele sofre um acidente e fica cego.Enquanto seu futuro é negro, ele conhece Mia, uma moça que normalmente ele não prestaria atenção. Ela é a primeira a abrir seus olhos para seu talento e tudo o que é importante na vida. Mas quando Sebastian descobre que ela não é o que ele espera, as coisas mudam de figura. Pra quem gosta de batida, rave  e danceteria este é o seu filme. Sem falar que a história é muito fofa e o carinha, um gato - ele canta as músicas da trilha.

5 - O Chamado de Xangai (2014, EUA/China)
Um advogado de Nova York é enviado a Xangai a negócios, onde ele se encontra em uma confusão jurídica que ameaça sua carreira. Com a ajuda de um especialista do internamento e seus contatos, ele logo aprende a apreciar as maravilhas de Xangai. Comédia romântica despretensiosa que chama a atenção pela diferença do cenário e a simplicidade da história.


6 - Os Últimos Dias (2013, Espanha)
No ano de 2013, a humanidade foi atacada por uma doença misteriosa, que causa o pavor dos espaços abertos, responsável pela morte instantânea de uma parcela da população. Todos os habitantes de refugiam em prédios, casas e outros locais fechados. Neste contexto, Marc tenta encontrar sua namorada desaparecida, Julia. Filme original e dinâmico apesar da impossibilidade de andar ao ar, realmente souberam fazê-lo.


7 - Um Evento Feliz (2011, França)
A doutora Barbara (Louise Bourgoin) conhece o atraente Nicolas (Pio Marmaï) na locadora de vídeos onde ele trabalha. Os dois sentem uma forte atração um pelo outro e iniciam um relacionamento. Arrebatados pela paixão, o casal recém formado decide ter um filho. Porém, antes mesmo do bebê vir ao mundo, o romance se desfaz. Barbara fica sozinha e vai ter de se preparar para ser mãe solteira. Quente e intenso em algumas parte, porém carinhoso e introspectivo em outros. Quem ver esse evento se pegará em várias partes pensando quantas vezes protagonizou aquela cena, trata-se de um filme que mostra a vida amorosa de modo real, como ela acontece no dia a dia.


8 - O Tigre e a Neve (2004, Itália)
O poeta e professor universitário Attilo De Giovanni (Roberto Benigni) vive num mundo distante da realidade, em meio aos sonhos de conquistar a mulher que ama. Em 2003, logo depois de lançar o livro de poesia "O Tigre e a Neve", a realidade do mundo finalmente o atinge quando descobre que a mulher de seus sonhos foi ferida num dos primeiros bombardeios americanos sobre o Iraque. Ele consegue achá-la em Bagdá e se envolve então em inúmeras dificuldades para conseguir encontrar, em uma cidade destruída, os medicamentos de que ela precisa. Benigni revisita os tempos de "A Vida é Bela" e emociona de forma contida. 


9 - Filhos do Paraíso (1998, Irã)
Ali (Amir Farrokh Hashemian) é um menino de 9 anos proveniente de uma família humilde e que vive com seus pais e sua irmã, Zahra (Bahare Seddiqi). Um dia ele perde o único par de sapatos da irmã e, tentando evitar a bronca dos pais, passa a dividir seu próprio par de sapatos com ela, com ambos revezando-o. Enquanto isso, Ali treina para obter uma boa colocação em uma corrida que será realizada, pois precisa da quantia dada como prêmio para comprar um novo par de sapatos para a irmã. Simplesmente lindo, puro! Essa é uma daquelas histórias que você assiste de coração apertado, mas acaba saindo leve com a consciência se perguntando sobre questões simples que somatizadas se transformam em projeto de vida.   

10 - Do Outro Lado da Linha (2008, Reino Unido/Índia/EUA) 
Após ter problemas com seu cartão de crédito, Granger Woodruff (Jesse Metcalfe) faz amizade com uma simpática atendente de telemarketing que concorda em conhecê-lo pessoalmente, em um hotel de São Francisco. Porém, ela não aparece e Woodruff conhece uma mulher de origem indiana, Priya Sethi (Shriya Saran), que diz ter vindo aos EUA para assistir ao casamento de um parente. Comédia romântica um pouco clichê, mas muito gostosa pelo humor da família indiana retratada no filme.


11 - Flor do Deserto (2009, Reino Unido/Áustria/Alemanha)
Baseado no best seller Desert Flower, é autobiografia da modelo somali Waris Dirie (Liya Kebede), circuncidada aos cinco anos e vendida para um casamento arranjado aos 13 anos. A garota fugiu, atravessando o deserto por dias até chegar a Mogadishu, capital da Somália, onde passou o resto da adolescência sem ser alfabetizada. Ao trabalhar em um restaurante fast food, foi descoberta pelo fotógrafo Terry Donaldson que a levou para os Estados Unidos, onde se tornou uma modelo mundialmente conhecida, além de ser embaixadora da ONU no combate à mutilação genital feminina. Apesar de não ser produzido pelo país, Flor é uma película forte e verdadeira sobre uma realidade cruel e tão distante que choca e parece nem existir.  


12 - Geração Roubada (2002, Austrália)
Molly Craig (Everlyn Sampi) é uma jovem australiana de 14 anos que, em 1931, ao lado de sua irmã Daisy (Tianna Sansbury), de 10 anos, e sua prima Gracie (Laura Monaghan), de 8 anos, foge de um campo do governo britânico da Austrália, criado para treinar mulheres arborígenes para serem empregadas domésticas. Molly guia as meninas por quase três mil quilômetros através do interior do país, em busca da cerca que o divide e que a permitiria voltar para sua aldeia de origem, de onde foram tiradas dos braços de suas mães. Na jornada elas são perseguidas pelos homens do terrível governador A. O. Neville (Kenneth Branagh), o qual não admite que as meninas não estejam de acordo com o ditado pela sabedoria branca e cristã. Outra história que marca pela critica feita ao denunciar a maneira como foram tratados até pouco tempo os aborígenes, donos naturais da terra australiana.


13 - Amores Brutos (2000, México)
Em plena Cidade do México, um terrível acidente automobilístico ocorre. A partir deste momento, três pessoas envolvidas no acidente se encontram e têm suas vidas mudadas para sempre. Um deles é o adolescente Octavio (Gael García Bernal), que decidiu fugir com a mulher de seu irmão, Susana (Vanessa Bauche), usando seu cachorro Cofi como veículo para conseguir o dinheiro para a fuga. Ao mesmo tempo, Daniel (Álvaro Guerrero) resolve abandonar sua esposa e filhas para ir viver com Valeria (Goya Toledo), uma bela modelo por quem está apaixonado. Também se envolve no acidente Chivo (Emilio Echevarría), um ex-guerrilheiro comunista que agora atua como matador de aluguel, após passar vários anos preso. Ali, em meio ao caos, ele encontra Cofi e vê a possibilidade de sua redenção. Película forte, dividida em histórias violentas que se unem em determinado momento. 


  • Share:

0 comentários