Era uma vez... Todo mundo já ouviu isso um milhão de vezes antes da história começar. Contada exatamente igual centenas de anos antes de você nascer, mas resultando no mesmo encantamento de todos esses anos atrás. Ganhando novas versões e conceitos, mas com a essência de mágica e inocência  inalterada.

Assim, adultos e crianças (muitos adultos ultimamente) aderem aos segredos das estrelas e ao pó de pirlimpimpim para se apaixonar e se encantar com o inexplicável véu de magia que resolve tudo de maneira perfeita, e no fim poderia ainda ser plausível num mundo qualquer, um planeta bem pra lá da imaginação, onde apenas cada um de nós sabe para si onde fica. Um GPS mental! 

Contos de fadas superam os hits e blockbusters e sempre voltam para reviver tudo de novo em épocas e pessoas diferentes. Tudo que sabemos é que não importa a história, aqui seremos felizes para sempre! Então, que tal algumas que você não conhece porque são mais antiguinhas ou até mesmo desconhecidas? Pra variar e se encantar de novo com algo novo...

1 - Penélope - 2008
Penelope Wilhern (Christina Ricci) é uma jovem amaldiçoada. Escondida pela família, ela precisa encontrar o amor para quebrar o feitiço e se livrar de seu tormento, mas seus pretendentes costumam se assustar quando descobrem seu segredo. Um jornalista desesperado por notícia contrata um homem (James McAvoy) para seduzi-la e conseguir uma foto exclusiva, mas ao conhecê-la melhor o rapaz se arrepende do combinado.

Lançado no Brasil direto em DVD é uma gracinha de história, diria que mais para adultos que para crianças mesmo. É um conto meio bizarro, ás vezes, com pessoas não muito corretas, piadas um pouco sacaninhas e uma moral do faça você mesmo que ganha a atenção de qualquer um. Tenho muita simpatia por esse filme.

2 - Hideaways - Refúgios - 2011
Os homens Furlong tem poderes incomuns. O vovô fica cego quando pensa em sexo, o pai frita aparelhos eletrônicos quando ele está com medo... mas o jovem James tem um poder muito mais terrível. Depois de perder todos que ele ama, James foge para a floresta para viver sozinho. Mas quando ele é descoberto por uma bela paciente com câncer, seu romance o leva em uma viagem de volta à civilização.

História young-adult irlandesa, bonita pelas cenas e curiosa pela saga inusitada da família que poderia estar num circo de aberrações ou ser super heróis que não deram certo. A trilha sonora também é muito legal e a película é fofa que só.

3 - Perfume - A História de um Assassino - 2007
Paris, 1738. Jean-Baptiste Grenouille (Ben Whishaw) nasceu em um mercado de peixe, onde sua mãe (Birgit Minichmayr) trabalhava como vendedora. Ela o tinha abandonado, mas o choro de Jean-Baptiste faz com que seja descoberto pelos presentes na feira. Isto também faz com que sua mãe seja presa e condenada à morte. Entregue aos cuidados da Madame Gaillard (Sian Thomas), que explora crianças órfãs, Jean-Baptiste cresce e logo descobre que possui um dom incomum: ele é capaz de diferenciar os mais diversos odores à sua volta. Intrigado, Jean-Baptiste logo demonstra vontade de conhecer todos os odores existentes, conseguindo diferenciá-los mesmo que estejam longe do local em que está. Já adulto, ele torna-se aprendiz na perfumaria de Giuseppe Baldini (Dustin Hoffman), que passa por um período de pouca clientela. Logo Jean-Baptiste supera Baldini e, criando novos perfumes, revitaliza a perfumaria. Jean-Baptiste cada vez mais se interessa em manter o odor de forma permanente, o que faz com que busque meios que possibilitem que seu sonho se torne realidade. Só que, em suas experiências, ele passa a tentar capturar o odor dos próprios seres humanos.

Filme ótimo, totalmente para adultos, pois é uma espécie de conto de terror bizarro que conta a história de um assassino e sua obsessão por mulheres e seus cheiros raros. Super interessante pelo fato do rapaz ser amaldiçoado e abençoado com seus dons fazendo dele vítima e vilão ao mesmo tempo. O mais louco é que ainda tem aquele encantamento ao melhor estilo irmãos Grim. Só um aviso - O final é muito pirado, portanto se você quiser parar na hora em que ele chega na cidade, faltando uns 15 minutos para acabar, eu entendo e até recomendo! kkk

4 - Rubinrot - 2013
Gwendolyn Shepherd (Maria Ehrich) faz parte de uma família não muito normal. Começando por sua tia paranormal e sua prima Charlotte (Laura Berlin), herdeira do gene da família. Mas, tudo muda quando é revelado que Gwen é a verdadeira legatária. A partir daí, a jovem começa a viajar no tempo acompanhada do satírico Gideon (Jannis Niewöhner) ao mesmo tempo em que vivencia grandes emoções.

Adaptado de uma sequência de livros, é uma obra alemã que já tem a continuação "Shapirblau". Bem legal, quase um jogo RPG para iniciantes. Apesar de falar de viagens no tempo, esconde muitos outros segredos que dá até pra curtir uma ação leve. O casalzinho principal também é uma graça nas brigas e aventuras que enfrentam. Gostei, o difícil é achar legenda dele aqui no Brasil.

5 - A Estranha Vida de Timothy Green - 2013
Um casal sem filhos enterra uma caixa em seu quintal, contendo todos os seus sonhos e desejos para uma criança. Logo, nasce Timothy Green, que, no entando, é muito mais do que parece, trazendo com ele uma magia que vai mudar a maneira de todos sentirem o amor. Estrelado por Jennifer Garner, Joel Edgerton e Cameron C.J. Adams. A direção é de Peter Hedges.

Disney, pra assistir com toda família. Tem aquele modelo gracinha, musiquinhas, atores que você mal reconhece vivendo modelos perfeitos de pessoa e uma moral que te faz até suspirar no final. Não me empolgou muito, mas dá pra assistir. 

6 - Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas - 2004
Ed Bloom (Albert Finney) é um grande contador de histórias. Quando jovem Ed saiu de sua pequena cidade-natal, no Alabama, para realizar uma volta ao mundo. A diversão predileta de Ed, já velho, é contar sobre as aventuras que viveu neste período, mesclando realidade com fantasia. As histórias fascinam todos que as ouvem, com exceção de Will (Billy Crudup), filho de Ed. Até que Sandra (Jessica Lange), mãe de Will, tenta aproximar pai e filho, o que faz com que Ed enfim tenha que separar a ficção da realidade de suas histórias.

Esse é das antigas, mas é super legal. Acho que é meu estilo favorito de filme, sonhos bizarros misturados a coisas bonitinhas. Ao melhor estilo Tim Burton, dessa vez sem Jhonny Deep conta a história de um cara que via sua vida sobre outra perspectiva e realmente acreditava nisso quando contava. Ótimas relações são construídas nas histórias e todo o tempo paira aquela dúvida... Será verdade? Comparando é um pouco parecido com o concorrente ao Oscar, "Birdman" nas alucinações de Michael Keaton com o herói que não o deixava em paz.

7 - Camille - Um Amor do Outro Mundo - 2008
Kentucky. Camille (Sienna Miller) é uma doce garota completamente apaixonada por Silias (James Franco), o único homem que já amou. Eles se casam e partem em lua de mel, de acordo com os sonhos de Camille. Só que, durante o caminho até as cataratas do Niagara, uma série de eventos atrapalham a vida do casal. Camille está disposta a superá-los, mesmo que para tanto tenha que pôr sua própria vida em jogo.

James Franco menos pirado e Sienna Miller mais contida. Deu certo, é mais como uma história de fantasia criada na cabeça do noivo para aplacar a culpa que sente quando a noiva morre, a caminho da lua de mel, que jamais aconteceria, pois ele pretendia abandoná-la. Película ao estilo das estradas para adultos, com cenas inusitadas e um pouco de piração para que o amor deles possa durar toda a viagem. Mas é muito bonitinho também, fofo.

8 - O Jardim Secreto - 1993
No início do século XX, Mary Lennox (Kate Maberly) vivia na Índia com seus pais, que não lhe davam muita atenção. Porém um estouro de elefantes os mata e, seis meses depois, Mary desembarca em Liverpool, na Inglaterra, para viver com Lorde Archibald Craven (John Lynch), seu tio, na mansão Misselthwaite, uma construção feita de pedra, madeira e metal na qual existem segredos e antigas feridas. Mary estava assustada naquele solar com várias dezenas de quartos e era incrivelmente mimada, pois lhe desagradava a ideia de vestir suas roupas, já que na Índia isto era tarefa de suas aias. A mansão é administrada pela Sra. Medlock (Maggie Smith), uma rigorosa e fria governanta. Lorde Craven perdeu a mulher há dez anos e nunca mais conseguiu superar a tragédia. Para piorar Colin Craven (Heydon Prowse), seu filho, também sobre de extrema apatia, sempre recolhido no seu quarto. Mais uma vez negligenciada, Mary passa a explorar a propriedade e descobre um jardim abandonado. Entusiasmada com a descoberta, Mary decide restaurar o lugar com a ajuda do filho de um dos serviçais da casa, conquistando assim a atenção do primo doente. Juntos eles desafiam as regras da casa e o velho jardim se transforma em um lugar mágico, cheio de flores, surpresas e alegria. O jardim secreto é um lugar fantástico onde não existe tristeza e arrependimento, um lugar onde a força da amizade pode trazer de volta a beleza da vida.

Embora pareça um filme para criança, trata-se de uma gama de histórias lançadas nos anos 90 que não vemos mais hoje em dia. Era inocente, para crianças e adultos, porém as lições e aprendizados que levava não passavam batidos e você sofria e se envolvia com eles. Adoro esse filme, muita gente também e vai se lembrar. Se você não conhece, seria legal assistir, principalmente quem gosta de escrever. Tem uma continuação, mas é totalmente sem pé nem cabeça, pena.

9 - Jumanji - 1995
Em 1869, dois garotos apavorados enterram um baú e, cem anos depois, o filho de um empresário descobre que dentro dele há um jogo chamado Jumanji. Quando começa a jogar com uma amiga, ele logo é penalizado a ficar na floresta até que alguém tire cinco ou oito. Como na jogada seguinte ela é atacada por morcegos, em virtude de seu posicionamento no tabuleiro, o jogo é interrompido e ele imediatamente fica preso dentro de Jumanji. Mas, vinte e seis anos depois, duas crianças começam a jogar e uma acaba libertando-o. Porém, a única forma de deixar tudo como antes é terminar a partida, mas para isto é preciso achar a participante da partida de 1969. Juntos eles enfrentam perigos, que surgem a cada jogada, e enquanto o jogo se desenrola a cidade se transforma em um caos, pois animais selvagens, plantas assassinas e até um caçador de pessoas saem do tabuleiro e vão permanecer enquanto o jogo não findar.

O jogo que todo mundo gostaria de ganhar no Natal, só que não. Faz parte dos filmes descritos acima, com o saudoso Robin Williams no melhor tempo para contar histórias. Adoro esse e o "Hook - As aventuras do Capitão Gancho". Super criativo, aventureiro e o melhor de tudo, o mal pode ser desfeito. Odeio quando não dá pra voltar atrás! kkk

10 -  A Princesinha - 1995
1914, Simla, Índia. Sara Crewe (Lisel Matthews) é uma garota inglesa que vivia feliz, apesar de ser órfã de mãe. Quando eclodiu a 1ª Guerra Mundial seu pai, o capitão Crewe (Liam Cunningham), que pertencia ao exército inglês, tem que ir para a guerra. Porém antes vai a Nova York para deixar Sara num luxuoso internato para moças, no qual a mãe dela já estudara e que é administrado agora com mão de ferro pela Srta. Minchin (Eleanor Bron). A Srta. Minchin fica incomodada com a criatividade de Sara, que logo cativa a maioria das garotas. Um dia o Sr. Barrow (Vincent Schiavelli), o advogado do pai de Sara, chega no colégio para dizer que não haveriam mais pagamentos, pois o pai de Sara tinha morrido em combate. Minchin então faz Sara trabalhar como uma criada, para pagar sua estada ali.

Alfonso Cuarón nem sonhava em deixar a gravidade quando dirigiu esse filme. Mais um dos queridinhos dos anos 90, a película é tudo! Linda história, lição de vida para os incrédulos que não acreditam em um pouco de magia como forma de esperança. Ai Sessão da Tarde, você já foi tão boa... Cadê você sua linda?

11 - Pleasanteville - A Vida em Preto e Branco - 1999
Nos anos 90 David (Tobey Maguire) é um jovem solitário, que não é feliz com sua vida e foge da realidade assistindo "Pleasantville", um seriado em preto e branco dos anos 50 onde tudo é agradável. Mas tudo muda bruscamente quando Jennifer (Reese Whisterpoon), sua irmã, que sexualmente muito mais ativa que David, briga com ele pela posse de um estranho controle remoto, que apareceu através de um igualmente estranho técnico de televisão (Don Knotts), que chegou repentinamente logo após eles terem quebrado o antigo controle. Durante a briga eles apertam o novo controle e são magicamente transportados para dentro da fictícia "Pleasantville" e lá se tornam Bud e Mary-Sue Parker, dois personagens da série. Eles de repente se vêem em um mundo todo em preto e branco. David leva alguma vantagem sobre sua irmã, pois como conhece muito bem o seriado, sabe quem são estes novos "conhecidos" e qual a importância que eles têm na vida de Bud e Mary-Sue Parker. Sob estes nomes fictícios, tornam-se filhos George Parker (Wiliam H. Macy) e Betty Parker (Joan Allen), que são pais adoráveis em um lugar onde todos são felizes, não há sexo e ninguém nunca precisa ir ao banheiro. David quer sair da situação como também a irmã dele, mas considerando que ele tenta se enturmar (sem esforço, com o conhecimento dele), ela faz o que ela gosta de fazer. Um evento conduz o outro e de repente uma rosa vermelha cresce e logo mais regras são quebradas e surgem novas cores e, se tudo não é tão agradável, com certeza tem mais emoção. Mas inicialmente nem todos gostam destas mudanças.

Amo! Assisti esses dias! Adoro as imagens desse filme, a originalidade da ideia, tanto que até hoje ninguém fez outro. O último grande notável no último minuto de século XX. 

12 - Stardust - O Mistério da Estrela - 2007
O jovem Tristan (Charlie Cox) tenta conquistar o amor da bela e fria Victoria (Sienna Miller) indo em busca de uma estrela cadente. A jornada o leva a uma terra esquecida e misteriosa, além dos muros da cidade. Porém Tristan não é o único atrás da estrela cadente. Os quatro filhos do rei de Stormhold (Peter O'Toole) e os espíritos de seus três filhos já falecidos também estão atrás dela, assim como a feiticeira Lamia (Michelle Pfeiffer), que deseja usá-la para recuperar a juventude. Para enfrentar todos estes concorrentes Tristan precisará ganhar o amor da estrela, que se transformou em uma garota chamada Yvaine (Claire Danes).

Bem ao estilo conto de fadas mesmo, com mágica levada ao extremo, amores não correspondidos e resoluções perfeitas. Gosto desse filme, para toda família se aventurar e celebrar o final feliz.

13 - Um Conto do Destino - 2014
Esta história fantástica, baseada em um romance literário, se desenvolve tanto na Manhattan dos dias atuais quanto no século XIX. Durante um inverno rigoroso, Peter Lake (Colin Farrell), um mecânico irlandês, decide roubar uma imensa mansão, fechada como uma fortaleza. Ele tem certeza que a casa está vazia, mas acaba encontrando uma garota (Jessica Brown Findlay) no interior. Quando ele descobre que ela está prestes a morrer, nasce uma história de amor entre os dois.

É também um conto, um livro cheio de magia e resoluções amorosas. Porém, o filme deixa a desejar, é meio sem pé nem cabeça, os argumentos são fracos até pra esse gênero. O trailer é sensacional, mas conforme vamos assistindo, não se decepcionar é quase um milagre e no fim você fica com aquela sensação de é só isso? Uma prova de que misturar cavalos alados, viagens no tempo, anjos e demônios e amores perdidos é um pouco demais.  

Comentários pelo Facebook:

6 comentários:

  1. E quem acertou e divou mais uma vez?? Camila!!! Voce salvou meu sabado e domingo e tirou o meu tedio de todos os dias!! Quando voce conhecer mais filmes de contos de fadas e fantasia desconhecisos por favor poste beleza? Adorei, vou assistir a maioria, já assisti penelope muuito bom!! Beijos!
    http://girlstyle11.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba! Que bom que você gostou, também adoro esses filmes! Pode deixar, posto sim! Alguns dos filmes só baixados, mas valem muito a pena, ok! Obrigada pela visita! Bjus!!!

      Excluir
  2. Vou assistir uns filmes ai que adore só pela descrição *-*
    Adorei!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente muito bons! Obrigada pela visita e comentário!

      Excluir
  3. Obrigado pelas dicas. Vou tentar acha-los no Netflix, adoro filmes dessa linhagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada você pelo comentário! Veja sim, esses filmes são muito legais. Atualmente deixaram esse lado fantástico mais ingênuo de lado para apresentarem grandes sagas, mas sempre vale uma história simples que faz bem!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem sou eu

Minha foto

Uma garota louca tentando encontrar o caminho certo, mas se divertindo e aprendendo muito enquanto trilha a estrada. 
Tecnologia do Blogger.

Total de Visualizações

Follow by Email

Postagens populares

Seguidores

Super Parceiros

Tedioso: Os melhores links
Trends Tops - Agregador de Conteudos
Betolinks 120x60
Piadas Idiotas - São idiotas mas o faz rir Colmeia: O melhor dos blogs
Camaleão - Links Interessantes Agregador de Links
Uêba - Os Melhores Links
Fudas Agregador de Links - Madruga Links

A Madame que Colecionava Jovens

Blog CosmetiCoisas

Web Série

Notícias


Novidade

Ganhe Prêmios Incríveis Com Big Prêmio!


Confira!

Ótimas Dicas Para Monetizar Seu Blog!


Dica

50 Perguntas que Mostrarão Quem Você é!