Séries Rápidas Pra Curtir nas Férias! Parte II

By Camila Oliveira - 17.7.15

O tempo passou, as aulas começaram, e você quase perdeu a cabeça, tentando passar em todas as matérias pra não ouvir nem falar da facu ou da escola nas férias... Então, que tal se perder totalmente em histórias ótimas, emocionantes e aventureiras que prometem te fazer esquecer totalmente do que já foi, e ainda quem sabe, esquente do frio. Segue as dicas aí em baixo, e não se preocupe, que dá tempo de terminar antes que você volte pro batente! 

1 - The 100
Quando uma guerra nuclear destruiu a civilização e o planeta Terra, os únicos sobreviventes foram 400 pessoas que estavam em 12 estações espaciais em órbita. 97 anos e três gerações depois, a população já contava com 4 mil pessoas, mas os recursos já vão escassos. Para garantir o futuro, um grupo de cem jovens é enviado à superfície da Terra para descobrir se ela está habitável. Com a sobrevivência da raça humana em suas mãos, estes jovens precisam superar suas diferenças e unir forças para cruzar juntos o seu caminho.

The 100 é uma série com 2 temporadas, a primeira com 13 episódios e a segunda com 16 de aproximadamente 42 minutos cada, já com confirmação da terceira. Baseada na série de livros de Kass Morgan, conta a história desses 100 jovens enviados a Terra pós-apocalíptica e dos que ficaram a bordo da nave. É uma boa série, mas peca em algumas partes pela violência que mata gente pra caramba e ainda juram que tem quase os 100 iniciais. Parece o lost que brotava pessoal da areia. E ainda tem a enrolação, criando alguns episódios desnecessários. Mas a história vai crescendo e ninguém está a salvo de ser limado de repente. Vale a pena acompanhar esse "Jogos Vorazes" do espaço!  

2 - Deutschland 83
Tudo é novo, nada é como parece ser. DEUTSCHLAND 83 utiliza de pano de fundo os eventos reais, tanto políticos quanto culturais, da Alemanha na Guerra Fria durante a década de 80. O drama segue um Alemão Oriental de 24 anos que é retirado do mundo que conhece e enviado como espião da polícia secreta – Stasi. Escondendo-se à vista em meio ao exército da Alemanha Ocidental, ele precisa descobrir informações secretas da OTAN. Todos guardam segredos, sejam políticos ou pessoais.

Confesso que não dei muita bola inicialmente, mas é uma série alemã muito boa, tanto que já se espalhou pelo mundo. A trilha sonora é impecável, apresentando clássicos dos anos 80 para conhecer ou matar a saudade, toda hora sai um sucesso do chapéu que você quer que toque inteiro. Quanto a personagem principal, é um garoto que parece tonto inicialmente, mas vai caindo em cada fria que parece impossível de sair, e sempre acontece uma reviravolta e você acaba torcendo por ele, mesmo parecendo estar do lado errado. Na verdade, ele está fazendo a espionagem obrigado pela própria tia chantagista e manipuladora que vê todos como peões de um jogo de xadrez. São 8 episódios de aproximadamente 50 minutos cada, muito bom!

3 - Daredevil 
Matthew Michael Murdock (Charlie Cox) é um jovem atleta e excelente aluno. Ainda na adolescência, um acidente envolvendo um caminhão que carregava lixos tóxicos o deixou cego e fez com que ele desenvolvesse vários sentidos. Quando Matt decide vestir o uniforme e adotar o nome "Demolidor" (Daredevil), leva uma vida dupla: é advogado durante o dia, e, à noite, protege as ruas de Hell's Kitchen, seu bairro em Nova York.

Essa dispensa apresentações! Série de super herói da Netflix viciante, não sosseguei até o último capítulo, 13 ao todo de 42 minutos cada. Adorei pela rapidez de cada episódio que contou a história possível de um herói perfeito. Um cara sem poderes, mas com habilidades, que precisava se sustentar e não desejava mais que proteger seu bairro. A série faz uma única referência aos vingadores sobre o ataque alienígena em Nova York. O que mais dizer... Tudo de bom!!! 


4 - Poldark
Ross Poldark (Aidan Turner) retorna para a Inglaterra após lutar na Guerra de Independência Norte-Americana. Sua família e seus amigos achavam que ele estava morto. A mulher com quem ele iria se casar está, agora, noiva de seu primo. A série mescla um drama familiar com os desafios e os conflitos entre ricos e pobres na Inglaterra do Século 18.

Essa é para quem gosta de aventura romântica de época e história. No começo você estranha o quanto o cara é abdicado, mas logo está com ele lutando contra as injustiças da cidadezinha litorânea na Inglaterra do século XVIII. Tem também a Cinderela do Mato Demelza, vivendo uma história a parte muito bonita. Aqui fica a lição de que não importa o que tirem de você, sempre resta algo que possa ser reconstruído. Muito lindo, sem falar no Ross (aff!). Sem comentários! A série tem 8 episódios de 60 minutos cada, já com segunda temporada confirmada.  

5 - The Fall
The Fall acompanha a Detetive Superintendente Stella Gibson (Gillian Anderson). Ela é trazida para auxiliar a Polícia Metropolitana de Londres, quando um assassinato em Belfast torna-se arquivo morto. O caso é sobre um assassino que gosta de atacar jovens mulheres profissinais da cidade, e Gibson corre contra o tempo com seu novo time, para conseguir encontrar o responsável pelas mortes antes que ele ataque novamente. 

Aproveitando o retorno de "Arquivo X" e o sucesso de "50 Tons de Cinza" surge essa série que começou em 2013 gerando 5 episódios na primeira temporada e 6 na segunda de 52 minutos cada. Uma ótima série intrigante que parece não chegar a lugar nenhum, porém todos os vestígios sem importância acabam fazendo sentido em algum momento. A agente Scully, aqui como Stela está muito confortável no papel de investigadora e o Sr. Grey que aqui abusa e mata mulheres foi longe demais no seu papel de conquistador. Um serial killer que desafia Stela por ser um pai de família sem atrativos e achar que está acima de suspeitas. O final é bem conclusivo e o que dá raiva e que você se pergunta, ele mereceu? Claro que mereceu!  

6 - New Worlds
Beth (Freya Mavor), Hope (Alice Englert), Abe (Jamie Dornan) e Ned (Joe Dempsie) vivem nos dois lados do Atlântico e vivem em tempos turbulentos. Eles lutam entre o amor e os ideais do mundo em mudança. Na Inglaterra, a Monarquia restaurada de Charles II deixou de lado as promessas iniciais e se reverteu à tirania. Por trás da decadência da Côrte, a máquina de repressão continua funcionando a todo vapor. Na América, os tentáculos do terror alcançam a colônia ao mesmo tempo em que os colonos estão lutando para se livrarem da Coroa.

E pra mulherada chegada no Jamie Dornan também tem essa série New Worlds de 4 episódios com 52 minutos cada. Ele é um dos protagonistas, mas não passa tanto. Assisti mais pela história, que acaba se perdendo e não é tão boa quanto as outras séries inglesas do gênero que costumo assistir. Mas ainda assim vale, por se tratar da colonização da América e da dominação inglesa nos dois lados do atlântico, além do genocídio indígena que aconteceu por lá também. 

  

  • Share:

3 comentários

  1. Recomendo "Mr. Robot", com o Martin Wallstrom.

    ResponderExcluir
  2. Então, Ruan! Estou assistindo o Mr. Robot também e acho d+! Realmente muito boa com Martin Wallstrom fora da Suécia! É que vou fazer um post de séries de T.I. e vou colocá-la, por isso ainda não citei. Mas obrigada por sua recomendação, tá super certa e aceita!

    ResponderExcluir