13 Momentos Bela, Recata e do Lar Pra Extinguir o Machismo!

By Camila Oliveira - 22.4.16

A maioria do pessoal deve estar sabendo sobre a polêmica causada pela Revista Veja na matéria "Bela, Recatada e do Lar" onde tenta traçar um perfil da quase primeira dama Marcela Temer. Acredito que não tenha sido essa a intensão da jornalista, mas a matéria não parece descrever uma notável figura pública e sim um objeto decorativo no catálogo de uma loja. 

Com adornos leves e belas palavras, o retrato de uma candidata a miss dos anos 50 foi pintado e só faltou desejar a paz mundial. Memes e protestos não faltaram, pois o texto já começa desde o título a lembrar aquelas revistas femininas com dicas para transformar as ditas ogras em mulheres perfeitas. Se não acredita, dá uma conferida nas "maravilhosas" dicas que as antigas donas de casa tinham que seguir aqui! 

Parece mentira, mas artigos assim eram praxe em "revistas de mulher" para serem seguidos e passados para as amigas, mães e filhas. Mais de meio século depois, a vida de milhares delas mudou muito e hoje, embora ainda sejam tratadas com diferença em certos aspectos, elas assumem suas famílias, trabalham e criam os filhos com orgulho e respeito da sociedade. 

Olhando pelo lado positivo, textos assim são sempre bons para esquentar a eterna discussão em relação ao machismo e feminismo. Lembrando que, como várias outras formas de preconceito, ele está lá, enraizado como quando haviam escolas para mulheres que não eram consideradas nos padrões, além de tantas que não tiveram a oportunidade de explorar seu potencial por medo ou preconceito da sociedade. Que isso jamais se repita para que todas as mulheres do mundo possam ser belas, respeitas e da onde quiserem.  

1 - Eu sou rica!


2 - Marilyn Monroe


3 - Katniss Everdeen


4 - Olha ela!


5 - Madonna


6 - Miley Cirus / Ex - Hanna


7 - Mônica Iozzi


8 - Fernanda Montenegro


9 - Derci Gonçalves


10 - Beyonce


11 - Paola Bracho - A Gêmea Vilã


12 - Eternamente Soraya 


13 - Lady Gaga  

  • Share:

6 comentários

  1. Gostei demais do post e também compartilhei! Esse foi ótimo Camila! Bjs
    http://www.luceliamuniz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Expressar-se sobre o que vemos por aí é um dever, mas blogando se torna um prazer! Se o pessoal gosta então, é muito melhor!!!! Bjus!!

      Excluir
  2. Ótimo post! Cresci num lar machista e dei graças a Deus quando me formei e comecei a trabalhar. Casei em seguida, mas continuei trabalhando, não queria ser dependente como minha mãe.

    Bjos,
    http://contosdacabana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É complicado mesmo, principalmente com a acensão de uns 30 anos atrás. Hoje trabalhar é algo natural, mas antes jogavam na cara e desencorajavam. Que bom que você conseguiu! Parabéns! Ótimo depoimento!!!

      Excluir
  3. Um bando de reacionárias alimentadas por imbecilidades! Que mal há em sonhar em achar uma mulher bela, recatada e do lar? Prova de submissão? Machismo? Bullshit!
    Quantos homens tiveram que aturar as namoradas que queriam ir ao show daquele cantor, que não canta porra nenhuma mas é bonitinho? Ou assistir aquela porcaria de filme pelo mesmo motivo do ator ser bonitinho? E por que não admitir que toda mulher sonha com o Príncipe Encantado na sua vida? Não pela beleza máscula não! Pela Grana que o cara tem! Infinita!!!!
    Ah! Vão peidar n'água!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Galvan, besteira é a sua opinião que não entendeu o post, e como um bom machista sim, resolveu baixá-la para um nível de agressão e generalização das mulheres! Eu podia apagar seu comentário ou ficar fazendo briguinha com resposta mal criada, mas não prefiro deixá-lo aqui como exemplo de como ALGUNS homens ainda não entendem sobre indivíduos conviverem em sociedade. Não há mal nenhum sonhar e também ser o que você quiser, afinal somos pessoas e merecemos respeitos como indivíduos que somos. Mas a opinião do outro tem que ser respeitada e se discordada, argumentada com motivos reais e respeito. Agora se você acha que não, e que o melhor é peidar na água, sinta-se a vontade e seja o primeiro a fazê-lo!

      Excluir