Submission - Série ao Estilo 50 Tons no Mínimo Escandalosa!

By Camila Oliveira - 23.6.16

A temporada de novas séries está aberta e shows de todos os gêneros estão sendo lançados para conquistar o ser que ficou órfão de sua historinha querida. Abrir a mente é necessário, principalmente porque a maioria dos novos programas são adaptações de filmes, quadrinhos, continuações, ideias ousadas e até duvidosas se pensarmos amplamente.

Uma dessas apostas é a nova série do canal Showtime, Submission sobre a estonteante jovem Ashley que se descobre apaixonada por um romance erótico chamado "SLAVE", de Nolan Keats. A impressão que o livro deixa na sua cabeça lhe leva a encontrar (ou ser encontrada por) um triângulo amoroso arriscado, mas sensual, onde as fantasias parecem ser mais reais que a realidade. 

A história estreou no início do mês e serão ao todo 6 episódios de aproximadamente 24 minutos cada. Uma série semelhante a essa é também a novata The Girlfriend Experience do canal Starz, cujo uma garota de programa de luxo passa a oferecer seus serviços como namorada de aluguel e sofre as consequências dos clientes confusos com a situação. 

É impossível não ligar esses shows, principalmente o primeiro, à 50 Tons de Cinza, mas até onde vale se apoderar de um sucesso quase pronto pensando em agradar? Porque é exatamente isso o que estão fazendo nesses casos. Não querendo ser piegas, mas acho que a série abusa de cenas eróticas e acaba que não passa de um mini pornô. 

Existem histórias bastante ousadas que se tornam muito cativantes, pois contem qualidade no roteiro e atrativos inteligentes que deixam o conteúdo mais forte passar de modo natural, um exemplo disso é a série Game of Trones e a maioria das séries da HBO, sempre com palavras áridas, violência e nudez, porém  que nunca deixa de elaborar boas tramas e ganhar várias premiações. 

Enfim, com séries como Submission, onde vale a apelação para atrair, pode até ser que seja muito assistida, porém com outros propósitos. Uma pena, pois se a moda pega, não haverão limites de exibição e quem sairá perdendo é o fã de séries que terá de se acostumar cada vez mais com histórias meia boca e cenas de sentido subliminar. 


Em contrapeso, acabou de estrear uma série super curiosa e atual. Trata-se de Braindead sobre o jovem Gareth que chega a Washington para trabalhar para um proeminente senador apenas para descobrir que o governo federal parou de funcionar em decorrência da chegada de alienígenas que se alimentaram do cérebro de boa parte dos políticos. A história é uma comédia de 13 episódios, aproximadamente 42 minutos de duração e dos mesmos criadores de Good Wife. 

Mas o interessante aqui é que ironicamente eles se aproveitaram do elemento ficção científica estilo anos 60, "os marcianos estão chegando", guerra dos mundos para tratar de um assunto tão atual que é a corrida à presidência americana, mostrando em vários momentos cenas de Donald Trump e Hillary Clinton se digladiando na TV. Porém, como acontece também na série Veep, falcatruas e corrupção aparecem de toda parte pelos senadores corrompidos com muito bom humor. 

O melhor da história é que o modernismo permite que ela sirva de exemplo em muitos lugares, principalmente no Brasil e zomba do fato que a única coisa que realmente melhoraria esses políticos como pessoa seria aliens se hospedando em seus cérebros. Aff! Vai que é a solução mesmo! 


  • Share:

0 comentários